• Ministerio Zoe Vida de Deus
  • 23 de outubro de 2016

Sociedade do Espetáculo

Impostor

Fonte: Peça Impostor que vive em mim (11 de Maio de 2013 ) Cia Arte de Ser – Ministério Zoe Vida de Deus

Estamos vivendo isso e não estamos percebendo! A Sociedade do Espetáculo, conhecida como a sociedade que é valorizada pelo que aparenta ter,  ao invés do que realmente é. Um valor estabelecido pelo que se conquista materialmente, onde viver de aparências é comum. Um mundo tomado pela imagem. Tudo que era vivido diretamente torna-se representativo; uma mediação de imagens e mensagens dos bombardeios midiáticos, indivíduos em sociedade abdicam sua realidade de vida para viver em um mundo movido de aparências e consumo. Pela manifestação esmagadora da sociedade do espetáculo, que faz de um indivíduo um ser solitário, infeliz e anônimo, em meio à massa de consumidores.

Desde sempre vemos uma luta constante entre ser e ter. Alguns entendem que ser é melhor do que ter; outros preferem ter do que ser. A distância, ter traz muito mais benefícios do querer. Você tem mais amigos, melhores oportunidades e quase nunca falta o que fazer; cercado por pessoas que estão ao seu lado pelo que você oferece, que favor você pode prestar. Ser com certeza é uma tarefa que exige muita transparência e verdade! Quando você tem, não precisa muito da compreensão das pessoas, afinal o que tem encobre todos os defeitos insuportáveis que você poderia ter. Ninguém está de fato preocupado em contribuir com seu crescimento como pessoa quando é melhor usufruir do que você possui. Essa realidade quem buscou foi você mesmo. Você expõe nas redes sociais seu “Life Style”, seus rolês, sua comida, suas roupas, seus amigos, sua casa, sua família, seu carro, seu cachorro e por aí vai. Toda sua vida está exposta no Instagram.  E a pergunta é: Quem é você? O que você tem eu estou vendo, mas quem é você?!

A sociedade do espetáculo, um estudo das teorias da comunicação de massa, definida em livros desde 1967, quer invadir nosso estilo de vida! Como cristãos estamos preocupados demais em ter do que em ser. Ter um título, ter reconhecimento, ter influência para que vejam o quanto somos ungidos, mostrar para todo mundo como somos espirituais em nossos cultos ou nas redes sociais..  Estamos preocupados com o que podem pensar ou falar de nós se não mostrarmos o que temos. Nos sentimos cobrados, solitários, anônimos e infelizes se não tivermos ninguém nos notando. Nossa aparência é de alguém que está sempre bem, que tem o que precisa para viver. Tratamos a casa do Senhor como se fosse uma empresa, com um plano de carreira exemplar para que todos vejam o que temos e o que conseguimos conquistar. “O que eu tenho é melhor do que o seu“, e assim seguimos para apenas mostrar uma imagem, uma representação de uma realidade fingida.

“Guardai-vos de fazer a vossa esmola diante dos homens, para serdes vistos por eles; aliás, não tereis galardão junto de vosso Pai, que está nos céus.”
Mateus 6:1

Jesus nos ensina algo muito precioso: o menor é o maior. O fraco é forte. O sábio é louco. O pobre é rico. A referência que temos de mais para Deus é menos. O próprio Deus, Filho Deus, se fez pequeno, pobre sendo rico e servo de todos os irmãos. Jesus era Jesus, e Ele não tinha nada. Não tinha onde reclinar a cabeça e mesmo no jardim não teve quem o consolasse, ou seja , muito mais importante do que ter é ser! Porque apenas aquele que É, pôde se entregar por todos! Não era pelo que ele tinha, era por quem Ele era. Ele não precisava forçar situações. Ele simplesmente era. Não precisava atualizar seus status no Facebook, nem tirar fotos de sua bíblia pela manhã, muito menos ostentar seu pão e seu peixe no Instagram. Não precisava fazer check in de suas viagens missionárias, nem tirar fotos com os fariseus para mostrar o quanto era sociável. Tudo que era, era em secreto. O que aparentava era apenas reflexo de suas horas e horas de intimidade com o Pai.

Mas, quando tu deres esmola, não saiba a tua mão esquerda o que faz a tua direita;”
Mateus 6:3

Uma vida com Deus, um ministério semeado em secreto, floresce. E tudo que cresce, aparece! Não é preciso fazer força para ter quando já se é. Inevitavelmente todo mundo vê. Gaste todo seu tempo com Deus, buscando.

“Tu, porém, quando orares, vai para teu quarto e, após ter fechado a porta, orarás a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará.”
Mateus 6:6

Isso significa que tudo que precisamos ter é na presença de Deus, em secreto.  Não fique mais preocupado em mostrar para os outros quem você é ou o que você tem! O mistério e a beleza em viver, respirar intimidade com Jesus no secreto, inevitavelmente conquistar tesouros espirituais, ficar perto de Jesus pelo que ele é, e não pelo que me oferece. Isso é fantástico!
Onde eu quero chegar com isso? Que valorizemos uns aos outros pelo que somos e não pelo que temos. Me incluindo totalmente nessa, não pense que não fui confrontada antes rs. Vamos nos esvaziar dessas coisas tão fúteis, e se preocupar com o que realmente importa. Porque ser é melhor do que ter! Eu quero ser dEle, e não ter somente…

Por Sarah de Campos

 

5 Comentários

  • Daniela parisi

    Temos que ser autênticos e deixar Deus cuidar.e não o mundo querer nos sufocar

    24 de outubro de 2016 at 11:37
    • Ministerio Zoe Vida de Deus

      Exatamente Daniela! 🙂

      24 de outubro de 2016 at 17:36
  • Rejane Rodrigues Ribeiro Lima

    Acabei de conhecer o trabalho de vcs e estou maravilhada! Que Deus os abençoe! Que beleza de texto, Sarah! Essa frase tem me impactado diariamente! “que tudo que precisamos ter é na presença de Deus, em secreto.” Preciso conhecê-los! Sou da cidade de Itaboraí – RJ (região metropolitana – a 40 km do Rio). Me avisem quando estiverem por aqui! 😉

    31 de outubro de 2016 at 16:22
    • Ministerio Zoe Vida de Deus

      Oi Rejane, fico extremamente feliz por isso! Que Deus te abençoe muito, que você desfrute cada vez mais de uma vida de intimidade com o Abba, nosso Pai! Nossa agenda estará disponível aqui no site, em janeiro 🙂 Um Abraço!

      31 de outubro de 2016 at 20:24
  • Gabrielle Maia

    Profundo e verdadeiro! Que unção… Glória a Jesus!

    14 de janeiro de 2017 at 13:56

Deixar um comentário